Potter Go


Você está pronto para essa aventura?
 
InícioPortalFAQGaleriaBuscarMembrosCalendárioGruposRegistrar-seConectar-se
Sejam muito bem vindos ao PotterGo!
:: Topsites Zonkos -[Zks]::
Não deixe de registrar sua trama, só assim você participará da trama principal do RPG! Para mais informações clique aqui!
Em breve disponibilizaremos um sistema de Missões e Quests novinho! Fique atento as novidades do fórum.
Novatos, para melhor entender nosso sistema, não deixe de visitar nosso Guia para Novatos
Convidado, não esqueça de fazer o Teste de Varinhas
Convidado, não deixe de ver nossos cargos disponíveis
Convidado, não esqueça de fazer o Teste do Patrono
ATENÇÃO PLAYERS! Sistema de Apartamentos fechado para reforma.
Fique atento, em breve a Administração disponibilizará um Condomínio Bruxo.
Confira as novidades no grupo das Criaturas Mágicas.

Compartilhe | 
 

 Taberna e Hospedaria Barril de Cedro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pettrus Njör Dzagoyev
Ex-Administrador
Ex-Administrador
avatar

Mensagens : 112

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Ébano, 38 cm, núcleo de pena de fênix azul, farfalhante.

MensagemAssunto: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Qui 21 Abr 2016 - 13:33


Taberna e Hospedaria Barril de Cedro


O espaço do interior da taberna era bem maior do que parecia ser do lado de fora. Havia um enorme salão cheio de mesas quadradas de madeira e quatro cadeiras para cada uma. Havia também um balcão ao fundo onde eram servidas bebidas e comidas para aqueles que estavam sentados nos bancos redondos próximos a ele. Muitos garçons e garçonetes circulavam servindo as mesas.A taberna possui poucas janelas e suas paredes eram de madeira inacabada, dando um clima aconchegante apesar de passar uma nítida sensação de que o lugar era bastante antigo. A noite havia tanta confusão lá dentro quanto do lado de fora, quando depois do dias de trabalho todos os locais, viajantes e turistas se juntavam para beber ate não poder mais. Dezenas de criatura na sua, elfos, anões, mas na sua maioria bruxos, bebiam, comiam, dançavam e cantavam ao som de um grupo de músicos locais que se apresentava sobre um pequeno estrado que ficada ao lado direito da entrada. O forte cheiro de bebida alcoólica no ambiente devia-se ao alto nível de embriaguez da maioria dos fregueses, que vira e mexe deixavam canecas cheias de vinho ou de cerveja caírem no chão. A Taberna Barril de Cedro não era exatamente um lugar para a família real freqüentar, nem para as tradicionais famílias de atlantida, mas mesmo com toda a desordem, caos, confusões e o pouco conforto que o local oferecia; a taberna sempre foi e continuava sendo o ponto mais animado e freqüentado de toda Atlântida. Além do bar, no seguindo andar tem uma pequena hospedaria de seis quartos, quase sem nenhum conforto em nenhum dos quartos, tinha apenas uma cama velha com um colchão relaxado, um armário pequeno, um espelho (a mai

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matth Staminkhov Odegaard
Auror Tramista
Auror Tramista
avatar

Mensagens : 69
Localização : Qualquer Uma XD

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Sab 4 Mar 2017 - 1:18

Matth Staminkhov Odegaard
Deitado sobre aquele sofá estava lento, levando meu cigarro ate a boca puxava aquela fumaça, que percorria todo o meu pulmão, e a soltava pela boca. O local estava imundo, mas eu precisava respirar um pouco, trazer um amigo bêbado ate a casa dele, e ainda mais uma longa caminhada como aquela, bom aquilo era de mais para os meus pulmões, precisava de um descanso. ele mal conseguia ficar em pé, em sua mão esquerda segurava uma garrafa de cerveja. - Sab... Sabe, esses cigarro ai, algum dia vão acabar te matando. Aquilo eram sabias palavras para quem tinha bebido a noite inteira, e mal sabia o que estava falando, soltando uma gargalha o respondia. - Quando eu morrer de Câncer, você morrera de cirrose. O homem me olhava com um sorriso, me levantando pegava minha blusa e a colocava, com isso ele fazia um olhar confuso. - você já vai ?? Me movendo em direção do homem, colocava minha mão sobre seu ombro. - Bom, você já esta em casa, eu preciso ir, amanhã vou encontrar uma pessoa... e se eu estiver de ressaca ela me mata. ele sorria ao ouvir aquilo, e me observava sair pela porta. Puxando a ultima fumaça que aquele cigarro poderia me oferecer, jogava o no chão, colocando minhas mãos no bolso da calça caminhava para casa, e libertava a fumaça de meus pulmões.

Pela manhã acordava com o despertador que estava ao meu lado, desligando ele o tacava no chão, me levantando meio lento passava minha mãos sobre meu rosto, a frustração de não ter conseguido um emprego ainda era grande, acompanhar Anastasia no Beco Diagonal tinha sido uma ótima distração, por mais que ainda estivesse com sono, estava animado para passar um tempo com ela. Pegando a toalha seguia para o banheiro para tomar banho, então dessa vez arrumava o cabelo, apos estar pronto, ficava sentado no sofá encarando aquele maço de cigarros em cima da mesa, eu não queria leva-los daquela vez, mas meu vicio gritava dentro de mim, me levantando quando abria a porta... voltava e pegava apenas um cigarro e colocava dentro do bolso, então saia pela porta, seguindo para a onde encontraria Anastasia, esperando a mulher, devido ao meu vicio minha perna não parava um minuto meu corpo estava pedindo aquela fumaça, mas não queria fazer aquilo. Vendo a mulher chegando.- Ola, han... você esta muito bonita. Abria um sorriso enquanto coçava minha nuca, ficando ao lado da mulher dizia olhando para frente. - Bom, eu acho que vamos para um lugar bem interessante... Atlântida!!! Vamos nadar um pouco haha!!. Baixando minha cabeça, olhando para o chão segurava firme a mão da mulher. - Pronta ? Ouvindo sua resposta, aparatava daquele local, uma viagem de segundos ate Atlântida. Chegando no local, seguíamos para um lugar chamado '' Taberna e Hospedaria Barril de Cedro '' Um nome um tanto estranho para mim, olhando em volta era fantástica vista, isso pelo fato de ser de baixo da água, era muito bom poder ver do que a magia era capaz, entrando no local com Anastasia, observava Anastasia escolher uma mesa, enquanto isso iria ate o balcão. - Uma cerveja normal, e outra amanteigada!!. Pegando as bebidas seguia para a mesa a onde estava a mulher, e empurrava a cerveja amanteigada para a mesma. - Pedi a cerveja que você disse que mais gosta... Então como estão indo as coisas ?? esta gostando de trabalhar em Hogwarts ?? Sinto falta daquele lugar !!!. Colocava uma de minhas mãos sobre minha perna, para que ela possa parar de se mexer.

______________________


Matth Staminkhov Odegaard
You fill your lies around me And you think you won
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anastasia Jäger Strauss

avatar

Mensagens : 28
Localização : Noruega / Hogwarts

Ficha Bruxa
Casa:
Ano Escolar:
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Seg 6 Mar 2017 - 13:30

Estava um dia chuvoso, perfeito para um chocolate quente e um bom livro, mas eu já havia prometido ao Matth deixá-lo me levar em um dos lugares que ele costumava frequentar. Com um suspiro, me levantei e fui me arrumar. Depois de um longo banho, no qual ainda fiquei me questionando se iria ou não, coloquei um belo vestido vermelho curto e colado ao corpo. Deixei os cabelos soltos e passei um batom vermelho para combinar com o vestido. Um bom salto 15 deixou meu look completo e segui para a frente do castelo, onde havia combinado de encontrar o Matth.

O encontrei um pouco nervoso e confesso que me surpreendi com o elogio. – Obrigada, Matth, você também está bem bonito. – Sorri e segurei sua mão quando a estendeu. Pela primeira vez, eu não sentia aquele forte odor de fumaça que sempre vinha às minhas narinas quando estava perto dele. Em um piscar de olhos, meus saltos finos pousaram em um lugar totalmente fantástico, por falta de uma palavra melhor. Um bar no fundo do oceano, por essa eu não esperava! Em um primeiro momento, parecia um bar comum, se não fosse pela enorme bolha que o envolvia e evitava que a água invadisse o lugar. Fora dessa bolha, víamos as águas do mar e vários peixes nadando como se fossem aves em um céu azul. Fascinante!

Enquanto Matth ia até o balcão, eu procurei uma mesa perto de uma janela para aproveitar bem a vista. Quando ele disse que iríamos para Atlântida, achei que era o nome de algum lugar com cheiro de peixe frito e algum tridente de plástico, nunca poderia imaginar que iríamos realmente para Atlântida, a cidade perdida. Eu teria que agradecê-lo por isso. – Obrigada por se lembrar, mas hoje eu gostaria de algo mais forte. – Respondi quando Matth voltou para a mesa e, pegando a cerveja dele, dei um longo gole. – Na verdade, acho que quero um whisky, pede para mim?

______________________


Anastasia Eleni Jäger Strauss

When I'm away / I will remember how you kissed me / Under the lamppost back on 6th street / Hearing you whisper through the phone / Wait for me to come home
I ❤️ Lollita
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matth Staminkhov Odegaard
Auror Tramista
Auror Tramista
avatar

Mensagens : 69
Localização : Qualquer Uma XD

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Seg 6 Mar 2017 - 17:21

Matth Staminkhov Odegaard
Pegando as bebidas, levava ate a mesa, porem ela pegava a minha bebida e tomava um gole da garrafa, dizendo que dessa vez queria um Whisky, ouvindo aquilo erguia uma das sobrancelhas e arregalava os olhos. - Está me dizendo que quer algo mais forte ???. Ela sabia que aquilo seria uma pergunta retorica, e eu pegaria a bebida, mas estava um pouco surpreso por ouvir ela pedir algo mais forte, bom, Ana era um pouco mais jovem do que eu, me perguntava se ela aguentaria tal bebida. Pegando sua bebida me movia novamente ate o balcão, então deixava la em cima. - É, acho que vou querer um Whisky!!. O homem balança a cabeça positivamente, então pegando a garrafa derramava o whisky em um copo, e colocava umas pedras de gelo, assim me empurrava o copo. Pegando a bebida voltava para a mesa, me sentando novamente empurrava o copo para Ana, abrindo um sorriso. - Cuidado, isso e um pouco mais forte do que está acostumada a beber, não quero que fique como o Ryan, hahaha!!. dizia brincando com a mulher, pegando a minha garrafa virava ela bebendo um gole da cerveja, me sentia um pouco agitado, aquele era o efeito de ficar muito tempo sem fumar, jogando o meu corpo para trás na cadeira observava a mesma.

- Lugar bem legal, não ?? A menos que aquela grande bolha feita pela magia, estoure e todos nós acabaremos presos no fundo do mar!! ... Mas me diga, o whiskye para esfriar a cabeça ??, cuidado para não ir muito fundo, lembra, quando você me conheceu, bom eu já tinha ido longe de mais... e agora não consigo deixar o cigarro de lado. Diferente de Nich. Olhava em volta naquele bar, o local estava começando a ficar cheio, vários bruxos aparatavam para o local, dando a impressão de que estava começando a ficar um pouco animado. Não gostava de ficar em lugares com muitas pessoas, gostava da distancia da maioria delas, mas por enquanto nada que tivesse martelando a minha cabeça. - Mas então, novamente, como estão as coisas ? Está gostando de trabalhar em Hogwarts ??. Bebia mais um gole da cerveja.

______________________


Matth Staminkhov Odegaard
You fill your lies around me And you think you won
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anastasia Jäger Strauss

avatar

Mensagens : 28
Localização : Noruega / Hogwarts

Ficha Bruxa
Casa:
Ano Escolar:
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Qua 29 Mar 2017 - 9:40

Enquanto Matth buscava sua bebida, Anastasia observou mais uma vez o lugar. Era espantoso, na falta de uma palavra melhor, como um bar conseguia existir no fundo do oceano. Notou alguns olhares para ela, como sempre acontecia e já estava acostumada, mas resolveu ignorar. Logo, Matth se sentou novamente à mesa e ela pegou o copo que ele a estendia, dando um longo gole. – Digamos que passar o dia todo aturando crianças não é uma tarefa muito fácil. – Riu e apoiou o copo sobre a mesa. – Eu não sou mais uma menininha, Matthew. Acho que sei lidar com um pouco de whisky. – Deu uma piscadinha para o homem e voltou a olhar ao redor. Realmente, se aquela bolha mágica explodisse, eles estariam mortos em questão de segundos. Engraçado como os bruxos confiam cegamente na magia, ao contrário dos trouxas que são inseguros e duvidam de tudo. – Você só está assim porque quer. Tem um bom emprego, filhos que te amam, é bonitão... – Riu. – Poderia completar o pacote e largar esse vício que só está te matando aos poucos. – Pegou sua bebida e deu mais um gole. – Sair para beber depois de um dia estressante não tem nada demais. O problema é não conseguir viver sem isso.

Anastasia cruzou as pernas e se acomodou melhor na cadeira, de acordo que observava a chegada de mais pessoas no local. Parecia que era um lugar badalado, como que nunca havia estado ali antes? Claro, presa em Hogwarts, dificilmente teria uma vida social normal para uma mulher adulta. – Olha, eu gosto do meu trabalho, mas alguns dias são melhores que outros. – Terminou a bebida e apoiou o copo sobre a mesa, deixando que os dois braços se cruzassem sobre ela, reclinando mais o corpo e observando Matth. – Agora, me fale de você. Como anda o trabalho no Ministério? Ouvi dizer que você faz algo muito empolgante e perigoso. Palavras da sua filha. – Riu.

______________________


Anastasia Eleni Jäger Strauss

When I'm away / I will remember how you kissed me / Under the lamppost back on 6th street / Hearing you whisper through the phone / Wait for me to come home
I ❤️ Lollita
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matth Staminkhov Odegaard
Auror Tramista
Auror Tramista
avatar

Mensagens : 69
Localização : Qualquer Uma XD

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Sab 1 Abr 2017 - 1:24

Matth Staminkhov Odegaard
Aquele era o ponto em que o local estava cheio, a musica estava agitada, e algumas pessoas dançavam, e eu ainda tentava controlar minha perna que não parava por um segundo. Porem a paisagem me fazia sentir um pouco mais calmo, ainda mais ao lado de Ana, mesmo dentro daquele local era possível ver os peixes se movendo no mar. Pegando a garrafa de cerveja virava ela novamente e olhava para mulher. - Nem quero imaginar o que você deve passar la dentro, ainda mais com adolescentes. Soltava uma risada, observando o local. - Sim tem razão, mas como você não e acostumada a beber, pode se sentir um pouco estranha... a bebida e um pouco forte, entende ?. Me lembro muito bem quando Ryan tinha chamado Ana para morar conosco, ela ainda era bem jovem, e vê-la crescer e se tornar a mulher que é hoje. São mudanças inesperadas, como os meus filhos, vão mudando com o tempo e eu mal percebo isso. Até que tomam uma atitude, diferente. Basicamente foi isso que acabei de presenciar, bom, ela não e acostumada com bebidas, até a onde eu sei. - Não Ana, estou assim por que me prendi em um vicio e preciso de ajuda para sair dele, Fico feliz por eles me amarem agora... Bonito ? isso já uma questão complicada. Sorria soltando uma gargalhada rápida. - Juro que vou tentar, eu deveria me afastar um pouco para fazer isso, ninguém suporta ficar perto de mim por muito tempo, só Ryan e Nich mesmo. Abaixava a cabeça rapidamente, olhava em volta. - Haha, ninguém vive sem a bebida, mas talvez eu consiga para com o cigarro. Piscava para a mulher, enquanto jogava meu corpo para trás na cadeira.

Os olhares que Ana fazia, dava para perceber que ela não era muito acostumada a vir nesse tipo de lugar, o que me deu vontade de rir, enquanto eu observava ela com aquele olhares de '' Mas que lugarzinho mais agitado '' Levando minha mão ate meu queixo coçava ele olhando novamente para a enorme bolha, e como ela era fantástica. - Faço de suas palavras as minhas, Mas diria que meu trabalho e um pouco divertido. Pegava a garrafa de cerveja novamente e virava ela, sentindo a bebida gelada descer pela garganta, e colocava novamente sobre a mesa, então jogava meu corpo um pouco para frente, colocando minhas mãos sobre a mesa, e olhava nos olhos da mulher. - Uou, depois tento adivinhar qual delas disse sobre, o trabalho '' perigoso ''. E ótimo, gosto do que faço, esta ocorrendo bem, bom, as vezes tenho que lidar com situações um pouco perigosas... Mas o verdadeiro perigo ainda não ocorreu, o que seria ?. Me encontrar com um Comensal da Morte!!. Erguia as sobrancelhas, enquanto fazia uma expressão de assustado, pegando a garrafa novamente dava mais um gole. - Minha nossa, esse lugar esta ficando bem agitado. Não esperava isso. Dizia olhando em volta.


______________________


Matth Staminkhov Odegaard
You fill your lies around me And you think you won
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Anastasia Jäger Strauss

avatar

Mensagens : 28
Localização : Noruega / Hogwarts

Ficha Bruxa
Casa:
Ano Escolar:
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Ter 4 Abr 2017 - 16:02

Só de pensar em Comensais da Morte, Ana sentia um arrepio percorrer sua espinha. Sabia muito bem do estrago que eles podiam fazer. Por culpa deles, perdeu seus pais, teve que largar sua terra e seus amigos e vir para esse mundo diferente junto com Irina. Não que estivesse reclamando. Os Odegaard a acolheram e lhe deram tudo que precisava, mas nunca esqueceria o que acontecera naquela noite. Não conseguia nem imaginar Matth lutando contra comensais, ele costumava ser tão inconsequente. – Prometa que vai tomar cuidado, sim? – Instintivamente, colocou a mão sobre a dele que estava apoiada sobre a mesa. – Não quero que aconteça nada com você. – Sorriu e retirou a mão, voltando sua atenção para o lugar. – Essas pessoas não trabalham, não? – Riu e bebeu mais um pouco de sua bebida. Uma música agradável invadia o lugar e alguns casais já ocupavam a pista de dança. Parecia que ninguém ali estava incomodado com o fato de estarem embaixo d’água protegidos somente por uma bolha mágica. Afinal, o que poderia dar errado?

Anastasia pegou o cardápio que estava sobre a mesa e começou a folheá-lo. Não queria terminar aquela noite como uma bêbada e tinha grandes chances de isso acontecer se continuasse bebendo com o estômago vazio. – Quer dividir umas batatinhas comigo? – Piscou para Matth com um sorrisinho. – Sim, sei que é infantil, mas eu adoro batatas fritas. – Fez sinal para um garçom que passava e pediu uma porção grande de batatas junto com mais uma rodada de cerveja. – Que garçom bonito. – Observou o homem se afastar e riu, voltando sua atenção para Matth. – Agora, quero experimentar o que você bebe. – Recostou na cadeira e cruzou as pernas.

______________________


Anastasia Eleni Jäger Strauss

When I'm away / I will remember how you kissed me / Under the lamppost back on 6th street / Hearing you whisper through the phone / Wait for me to come home
I ❤️ Lollita
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Matth Staminkhov Odegaard
Auror Tramista
Auror Tramista
avatar

Mensagens : 69
Localização : Qualquer Uma XD

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: Concluído
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    Sab 8 Abr 2017 - 15:26

Matth Staminkhov Odegaard
De todos os irmãos, me destacava por ser o mais irresponsável, e Ana sabia muito bem disso. Era um trabalho um pouco arriscado sim, porem eu ainda não tinha me deparado com alguma situação do tipo, como um duelo contra um comensal por exemplo, o que eu diria ? ‘’ Não posso dizer que vou tomar cuidado, você sabe como eu sou Ana ‘’. Esse era o fato, quando se tem uma família, e amigos... mesmo você sabendo que pode morrer, tem que passar a confiança para o próximo. Sentia sua mãos segurando as minhas, então sorria. - Prometo, eu tomarei cuidado!!. rapidamente desviava o olhar, vendo aquela bolha então, olhava nos olhos da mulher novamente. - Não se preocupe, nada ira acontecer, e uma equipe enorme, fazemos o trabalho juntos. Sempre terá alguém para me salvar!!. Soltava uma risada enquanto jogava meu corpo para trás novamente, e pegava a cerveja dando um gole. - E um lugar bem agitado Ana, as pessoas gostam de vir aqui!!. Escutando aquela musica começava a bater o pé de leve no chão, seguindo o ritmo da musica, enquanto observava os peixes que passavam bem próximos da enorme bolha.

Observava a mulher que pegava o cardápio e começava a folheá-lo, e apenas esperaria para saber o que ela iria pedir, ouvindo suas palavras, ria um pouco. - Batatinhas ? tudo bem, eu também gosto. Levava minha mão ate meu queixo, coçando ele. -Não diria que é algo infantil. Seu comentário sobre o homem que servia as batatinhas fritas me fez, virar para trás olhando para ele. - Se interessou por ele ? ... Mas que cara de sorte. dizia brincando com a mulher, voltando a olhar para mesma. Bebendo mais um gole da cerveja, empurrava ela para o meio da mesa. - Bom, você já pediu a minha bebida, mas se quiser experimentar ela, enquanto suas ‘’ batatinhas ‘’ ficam prontas, a vontade. Aquela musica estava começando a me deixar um pouco motivado, devia ser o ritmo, abaixando um pouco a cabeça olhando para mesa. - Que Tal uma dança ?. Perguntava erguendo meu rosto e olhando para a mesma.

______________________


Matth Staminkhov Odegaard
You fill your lies around me And you think you won
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Taberna e Hospedaria Barril de Cedro    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Taberna e Hospedaria Barril de Cedro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Taberna do Cão Salgado
» O Grande Barril
» [País do Fogo] Hospedaria
» TABERNA DAS LAMENTAÇÕES
» Varinhas - Cernes e Madeiras

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Potter Go :: Mundo Trouxa :: Europa :: Atlântida-
Ir para: