Potter Go


Você está pronto para essa aventura?
 
InícioPortalFAQGaleriaBuscarMembrosCalendárioGruposRegistrar-seConectar-se
Sejam muito bem vindos ao PotterGo!
:: Topsites Zonkos -[Zks]::
Não deixe de registrar sua trama, só assim você participará da trama principal do RPG! Para mais informações clique aqui!
Em breve disponibilizaremos um sistema de Missões e Quests novinho! Fique atento as novidades do fórum.
Novatos, para melhor entender nosso sistema, não deixe de visitar nosso Guia para Novatos
Convidado, não esqueça de fazer o Teste de Varinhas
Convidado, não deixe de ver nossos cargos disponíveis
ATENÇÃO PLAYERS! Cargos liberados, as atualizações ainda estão sendo feitas.
Convidado, não esqueça de fazer o Teste do Patrono
Confira a Lista Oficial de Níveis de Habilidade e esteja por dentro das novidades do fórum!

Compartilhe | 
 

 Jardins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Eleanor Metzger Odegaard
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 44
Localização : França

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Salgueiro, 18cm, pouco flexível, pelo de Unicórnio banhado em Água-Cristalina.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Qui 14 Set 2017 - 1:23


Festa

Os olhares estavam pairados sobre mim naquele momento, uma vez que havia lançado alguns feitiços homenageando a minha prima Aine em sua festa e lançado algumas chamas que estouravam no céu como foguetes animados. Não demora muito para que Erick se junte a mim naquele feitio, o que deixou as coisas mais animadas. Escrevi mais algumas frases com Flagrate para Aine, todas as parabenizando pelo aniversário e pela ótima festa de debutante. - Pericullum! Disse de forma firma ao estender mais uma vez meu braço para cima. Olhei para Erick que agora dizia algo sobre eu ser boa em feitiços. - Eu acho que sou melhor com poções. Brinquei mesmo sabendo que poções realmente era a minha matéria favorita. - Mas eu gosto de brincar com feitiços, quando não há ninguém por perto espionando... Confessei à ele. Olhei ao redor pela pista de dança e mais uma vez de longe pude ver meu pai por ali e agora eu podia ver com mais certeza, era minha mãe com ele. O que ela estava fazendo com Matth? Revirei os olhos e fingi que não vi. As frases antes desenhadas começavam a sumir e logo eu escrevi algumas mais. Erick ainda lançava as chamas-foguetes e eu bebi um gole de meu saquê fitando o corvino. - Achei que você não bebia... Comentei ao vê-lo com um copo.



Como Eleanor está na festa:
 
 

MRS. HARRISON ? TPO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Helena Lumier D'Salute
Corpo Docente
Corpo Docente
avatar

Mensagens : 2

Ficha Bruxa
Casa: Corvinal
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Sequóia, 38cm, maleável, osso do crânio de Kappa

MensagemAssunto: Re: Jardins   Qui 14 Set 2017 - 21:15

Festa de 15 anos
Conhecer novas pessoas... talvez
Era estranho estar em uma festa onde sequer se conhecia as pessoas. Todas as grande casas familiares haviam sido chamadas e por ser uma Lumier D'Salute, não poderia ficar de fora daquilo; Cabelo maquiagem tudo havia sido escolhido com o máximo cuidado para que não retirasse o brilho da aniversariante, mas sequer o meu fosse apagado. Esperava que Blake já estivesse pronto, mas não o esperaria de forma alguma A carruagem encantada , deixada por meus pais a muitos anos, levaria até o local indicado onde a festa acontecia; Os olhos fintaram o relógio uma vez mais, a festa já teria dado início aquela hora -Vamos.. Já está na hora- Pouco mais de cinco minutos foram precisos para que pudesse chegar ao local da Festa, mas estava a mesma tão cheia que sequer pude ir diretamente até a aniversariante , decidi então esperar um pouco em uma das mesas para que pudesse esperar o anjo que sempre estava ao meu lado.


Vestindo: Look  Make Cabelo♔ nota: Presente Aine ♔  nota: Nenhuma
fallen angel made this code ♔
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Camille Ward Ozanan
Ilvermorny - Ravenclaw
Ilvermorny - Ravenclaw
avatar

Mensagens : 16
Localização : London — UK

Ficha Bruxa
Casa: Thunderbird
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Aveleira, 24cm, flexível, lasca do chifre de Unicórnio

MensagemAssunto: Re: Jardins   Qui 14 Set 2017 - 22:50

Um sorriso de satisfação apareceu em seus lábios. Modéstia a parte, a morena se sentia especial em ter acertado o palpite e ver que se caso o Chapéu Seletor em Hogwarts deixasse de funcionar algum dia, faria um bom papel ao substituí-lo. – Sou uma boa adivinha, não acha? – arqueou as sobrancelhas, ocultando aquele sorriso que poucas vezes aparecia ao demonstrar convencimento e orgulho. Na realidade, a Sonserina lembrava bastante a Serpente Chifruda, uma das outras três casas de Ilvermorny, por isso eram bem capazes de serem equivalentes quanto aos seus alunos. E pela felicidade da garota, o loiro estaria próximo dela nos seguintes meses ao longo do ano letivo, o que seria bom para se conhecerem, se bem que Camille sentia-se bastante atraída e com fortes emoções sobre Ulrik, porém não fazia ideia da real natureza delas, se positivas como achava ou negativas; o verdadeiro problema era a reciprocidade de conhecerem um ao outro, imaginava que não daria bons frutos depois daquele dia, e que o jovem só pretendia tê-la por uma noite.

Se esse era o seu desejo, Camille não se queixaria, iria aproveitar o tempo de dança para decidir o que fazer em seguida. Estava um pouco tímida para dançar, mas não demonstrava esse lado quase que inexistente para o loiro, sempre com um ar tendencioso a ser segura consigo mesma. – Um pouco, eu acho. – respondeu, franzindo o cenho e esboçando um sorriso seguido de uma risada baixa. A ideia de ter sua mão sendo segurada pela dele era ótima, fitava a todo instante o dorso dela sobre a do garoto, como se tivesse com medo de que caísse e perdessem aquele contato prolongado. Diferente do que havia imaginado, a música era animada e até combinava com o jeito descontraído de Camille, mas como dançar loucamente com aquele vestido e ao lado de um cara que havia despertado um interesse? – Podíamos imitar e fingir que isso é algum clipe de uma música trouxa, ou a gente pode inventar nossa própria coreografia. Seremos os loucos da festa. – sugeriu, refletindo a imagem sobre como seria a grande maioria dançando de uma única forma e apenas duas pessoas dançando aleatoriamente. Parecia ser engraçado.

______________________

why do you wanna put me through the pain?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Andrew Hoyer Nikolaevich
Durmstrang - Slytherin
Durmstrang - Slytherin
avatar

Mensagens : 31

Ficha Bruxa
Casa: Haus Land
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Azevinho, 23 centímetros, flexível, Fio De Cabelo De Centauro

MensagemAssunto: Re: Jardins   Qui 14 Set 2017 - 23:46

O príncipe da Debutante
Andrew pegou o copo, olhou a para os dois lados e o virou na boca, tossindo um pouco logo em seguida. - Vira de uma vez, não quero que ninguém nos pegue fazendo essa loucura na noite do seu aniversário, Aine. - Disse deixando o copo em uma mesa qualquer perto deles, se segurando para não ir buscar outro. Não gostava de bebidas alcoólicas, mas naquela noite aquilo parecia ser uma boa para o deixar mais calma, porém não beberia mais nada, para começo de conversa não queria nem que a melhor amiga bebesse, mas foi ela mesma que o incentivou a tomar pelo menos um cole que seja. - Vamos, Aine…- Pediu para que a garota terminasse o que tinha começado. - Nunca te imaginei fazendo isso e devo admitir que chega a ser engraçado, mas não deveríamos. - Riu negando com a cabeça vez ou outra.

Quando a corvina  virou o copo e eles voltaram a andar, Andrew olhou ao redor e viu uma raposa se aproximar. Observou Aine falar com o animal e pegar um bilhete, agradecer a prima animagia e se voltar para ele novamente. - Ah sim, claro. - Concordou sorridente para a Debutante, que logo já o puxava pelo braço e o guiava no meio da multidão de pessoas que ele era obrigado a fazer vários “malabarismos” para não encostar-se a nenhuma delas. Caminhando então, Aine disse uma frase que Andrew não pode deixar erguer uma de suas sobrancelhas antes de respondê-la. - E desde de quando alguém me domina ? - Perguntou um pouco sério, porém riu logo que viu Aine o observar um pouco sem graça. - Só estou brincando, relaxa, baixinha. - Riu novamente. - Claro, estou sobre o seu domínio, somente está noite. - Sorriu brincalhão.

Era estranho estar tão de bom-humor daquela forma, como se até mesmo nas horas que ele tentava ficar sério e dizer coisas que costuma dizer não dessem certo. Talvez o sorriso de Aine fosse seu pagamento por tanto esforço em uma só festa. Ele queria ser a pessoa que sabia que poderia ser, um jovem divertido e sincero, mas que às vezes a raiva e confusão de sua mente não o deixavam ser quem queria. Quem sabe um dia conseguiria entender de uma vez por todas quem ele realmente é, talvez.

Observou a mesa repleta de guloseimas e sorriu. - Aquele! - Apontou para um doce todo colorido que ele nunca adivinharia o sabor. - Vamos experimentar aquele primeiro. - Disse pegando dois e depositando um na mão de Aine, em seguida os dois experimentaram o doce juntos. - É o melhor doce que já comi na vida! - exclamou divertido e exagerado, fazendo Aine rir.

Logo depois deles comerem o que eles achavam ser bom, beberam mais uma bebida ou outra - dessa vez nada forte, claro - e passaram a observar o lugar um pouco sem saber o que fazer em seguida. Andrew então olhou a corvina baixinha em silêncio, como se calculasse exatamente o que iria dizer ou fazer, até que chegou um pouco mais perto e encostou seu ombro no ombro dela, lado a lado enquanto olhavam o ambiente. - O que quer fazer agora? - Perguntou sem olhá-la nos olhos, se distraindo com algumas crianças que corriam sorridentes pelo lugar. - É sua festa, e eu como um bom acompanhante vou fazer tudo que me pedir está noite.- Sorri ajeitando a gravata em seu pescoço. - Podemos dançar, passear no jardim e conversar, nos jogar na piscina depois que todos já tiverem ido embora…- Brincou com a última frase, dessa vez a observando. - O que quiser, eu juro. - Confirmou sorrindo um pouco, agora passando a colocar as mãos no bolso, a olhando por um momento.


______________________

Andrew Hoyer Nikolaevich
Nós dois somos livros de uma mesma obra?
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Raiser Phoenix

avatar

Mensagens : 3

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sex 15 Set 2017 - 14:45


Fiesta
-Quanto tempo não saio para uma festa...Que merda.- Era assim que o garoto Phoenix estava, poucas horas antes da festa, sabia que a mesma já havia começado e estava se trocando para a mesma, não gostava de ser o primeiro a chegar, nem tão perto disso, preferia sempre chegar numa festa cheia, para se esconder e agir nas sombras, sempre foi assim, igual ao seu pai.

Com uma camisa social branca com detalhe nas golas e mangas na cor rosa, uma calça jeans escura, o garoto pegou o carro que seu pai dera de aniversário para ele e foi para a Mansão próxima à dos Phoenix, que também moravam na Noruega.

Assim que chegou ao local, viu o mesmo lotado, principalmente de alunos de Hogwarts, muitos rostos conhecidos e alguns que certamente o garoto queria arrancar do corpo, mas naquele momento não o faria, pegou a pequena caixinha de presente que continha um colar com um pingente de uma Fênix no tom da família Odegaard e saiu do carro, adentrando na festa. Foi direto procurar a garota aniversariante, Aine, e assim que a viu, a cumprimentou. -Meus parabéns mocinha, muitas felicidades e divirta-se nesse seu dia, aqui está, não é nada muito significativo, mas espero que goste.- Deu-lhe um beijo na bochecha e se dirigiu para o seu lugar preferido, o Bar.

Logo que o jovem Phoenix se aproximou do bar, pode ver um rosto conhecido, só de vista, mas conhecido, talvez algumas aulas juntos, no máximo. Luciel, uma garota da Corvinal, que no começo do ano, era uma garota sorridente e tudo mais, porém dias atrás, esse seu brilho começou a sumir, e isso preocupou o garoto, que sempre admirou-a e tinha uma certa afeição pela mesma, ouviu-a pedir uma dose de rum, o barmen por sua vez, indagou, dizendo que a garota era muito nova para tal bebida, Raiser se aproximou e se apoiou no balcão, olhando friamente para o homem do outro lado.

-Você está aqui para trabalhar e atender aos pedidos dos convidados...Atenda-o, ou vai querer que eu te mostre o que é o verdadeiro Terror de enfrentar um Phoenix?- O mesmo com certo medo se dirigiu para o local onde estava os rum. -Ah, e traga um copo com gelo e Bourbon dentro...- Raiser se virou para a garota, sorrindo para ela. -Você não pode ser exigente, se não demonstrar confiança para tal, por ser uma garota, tem que ser ainda mais firme e convicta no que quer e no que diz, se não os homens vão passar por cima de você.- Sorriu de forma gentil para ela.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lily O. Lancaster
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 4
Localização : Londres, Inglaterra

Ficha Bruxa
Casa: Grifinória
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Castanheira, 24 Centímetro, Inflexível, Lasca de Dente de Dragão

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sex 15 Set 2017 - 14:51


Les mots valent moins que les actions.
Qui ne risque rien, n'a rien

Sem sequer um segundo pensamento, a Lancaster aceitou o doce oferecido pela amiga diretamente em sua boca. “Hmm.” gemeu, escondendo os lábios rosados com o pequeno embrulho que devia ser entregue a aniversariante. “Delicioso.” acrescentou, em seguida. Já salvando a informação que eram doces de verdade e não apenas serviam de decoração, teriam que certamente, antes da festa acabar, perderem uns bons minutos degustando a variedade oferecida pelos Odegaard.

Em resposta a Annelise, concordou com a cabeça. Sim, lembrava-se de Gary, embora o contato com este não fosse lá muito próximo, o pouco que haviam conversado deixara uma boa impressão na grifina. “Deve ter vindo sim.” rebateu, esticando o olhar para os arrredores, buscando o rapaz. “Bem, não sei onde, mas ele não é bobo de perder uma boa festa dessas.” acrescentou, sorrindo vivamente para a sonserina. “Aliás, lindo vestido esse seu.”

Engatou o braço no dela, a diferença de altura mais atenuada pelos saltos da Lancaster, e puxou-a suavemente em direção à aniversariante. Sua mãe havia lhe imposto boas maneiras e não seria uma das últimas a desejar as felicitações para a semi-estranha. Além disso, acreditava que um bom presente era entregue no olho a olho.

Olha.” Lily tentou dar uma prévia do presente para Annelise enquanto caminhavam, mas com a movimentação e com o embrulho cor de rosa bem fechado, não era possível vislumbrar nada. “É lindo. Minha mãe que escolheu, mas mesmo assim é um encanto.” acrescentou, desfazendo o bico mínimo que sempre surgia quando seus objetivos eram frustrados (mas nem por isso iria estragar estragar embalagem da aniversariante).

Como eu não tinha muito com que trabalhar, praticamente só sabia que ela era corvina, né.” tagarelou, seguindo na direção de uma pequena multidão, alheia às vontades de Anne enquanto seu discurso durasse. “Falei pra minha mãe, preciso de algo que não seja exagerado. Pensei em uma camisa das Harpias, mas sabe como esses corvinos são.” afirmou com um leve negar com a cabeça. “Enfim, daí minha mãe saiu e comprou essa pulseira com pingentes de pássaros numa delicadeza. Um amor.” Como de praxe, conteve os comentários acerca dos desejos egoistas de manter a jóia para si.

Aine!” cumprimentou duas notas mais alto que o adequado, desvencilhando-se de Anne. As duas jovens com as quais a aniversariante conversava viraram a cabeça em direção a Lancaster, incomodadas com a interrupção. “Eu sei, podia ter deixado na caixa, mas estava tão cheia! Faço questão que receba por mim mesma!” declarou alegremente (embora a familiaridade forçada, natural em qualquer conversa de Lily, soasse falsa a seus próprios ouvidos) enquanto estendia o embrulho em formato de caixa rosa para a corvina. “Meus irmãos e mãe pedem desculpas por não terem vindo, mas mandam seus cumprimentos.” abandonando o tom exagerado, Lily baixou o sorriso e desejou sinceramente um feliz aniversário para a garota.

Presente e cumprimentos entregues, Lily agarrou-se novamente em Anne e, como de hábito, arrastou-a em seus movimentos ágeis pelo ambiente. “Obrigações finalizadas. E agora?” questionou para a loira, os olhos azuis brilhantes com a perspectiva de uma festa inteira ainda por acontecer.


post #003 | Aniversário da Aine | vestindo isso
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luciel C. Bianchinni
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 20

Ficha Bruxa
Casa: Corvinal
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Nogueira, 20cm, pouco flexível, corda de Coração de Dragão.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sex 15 Set 2017 - 15:25

♥ Crowguardian and Pheonix ♥
"Keep your friends close, your enemies closer."
Não queria pensar nas coisas que estavam acontecendo a minha volta, ver pessoas felizes e dançantes por ai enquanto uma gigantesca nuvem negra podia ser vista pairando acima de minha cabeça. O rapaz que cuidava do bar parecia atender outras pessoas, e como não sentia a minima vontade de atenção naquele momento, esperei para que fosse devidamente atendida. Entretanto ao invés disso o mesmo desejava saber porque motivos A ou B eu desejava algo tão forte, mas sequer pude responder a indagação. Uma voz conhecida ecoou em direção a meus ouvidos " Não acredito nisso..." O rosto virava de forma lenta buscando a figura dona da voz que parecia ter intimidado o rapaz que cuidava do bar..."Phoenix... nem aqui tenho sossego?" Um dos novos alunos que parecia criar alguma espécie de afeto por min, mas desde o incidente na dedosdemel evitava constantemente me aproximar de meninos " Tudo bem... tudo bem... eu preciso me acalmar..."Pensava enquanto observava-o se aproximar do bar ── Minha forma de falar é e sempre será a mesma...── falava de forma baixa sem expressar qualquer reação ── Já fui confiante... mas agora.. não mais ── esperava até que o rapaz do bar servisse o que havia pedido e somente deixava o rosto fixo no de Raiser de forma a encarar o mesmo ── E porque veio? ── perguntava de forma um tanto dura para o mesmo ── Achei que Aine tivesse convidado poucas pessoas.──

"Just so confused about it, Feeling the blues about it... I just can't do without ya. Tell me is this fair? [...] What goes around, goes around, goes around, comes all the way back around."

Justin Timberlake - What Goes Around...Comes Around

Como Estou  


TEMPLATE BY KYRA

______________________

Luciel C. Bianchinni
Ravenclaw/ Bianchinni Family / Crownguardian familiy.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Pandora Kielland Metzger
Corpo Docente
Corpo Docente
avatar

Mensagens : 3

Ficha Bruxa
Casa:
Ano Escolar:
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sex 15 Set 2017 - 17:32


Festa da Aine

Gray e eu havíamos sido convidados para a festa de Aniversário da Aine fazia muito tempo que não íamos em uma festa juntos, então praticamente o forcei a ir comigo já que mal tinhamos um tempo juntos aquela festa seria o momento perfeito para termos tal momento. Gray estava no trabalho ainda então resolvi ir começando a me arrumar enquanto ele não chegava, afinal as mulheres sempre demoravam mais para tal, queria ficar deslumbrante para ele, claro que não iria tirar o brilho da Debutante mas meu Marido merecia tal capricho.
Entrei em um longo banho uma vez que o vestido e o cabelo já estavam escolhidos deixei meu corpo relaxar em baixo da água, estava precisando uma vez que o dia havia sido bem estressante e cansativo. Assim que saí do banho segui para o meu quarto onde comecei a me arrumar, uma maquiagem leve nada pesada para combinar o vestido, arrumei meus cabelos num lindo coque. - Amor achei que você fosse chegar daqui a pouco, queria lhe fazer uma surpresa....bem...o que acha!? Estou bonita para a festa!? Anda vai se arrumar que estamos atrasados já lhe espero lá embaixo...- sorri para ele que não parava de me admirar enquanto terminava de passar o perfume e causar os saltos, Gray sorriu me beijando e seguindo para o seu banho a minha sorte é que ele era mais rápido que eu na hora de se arrumar.
Assim que estávamos prontos aparatamos juntos para os Jardins onde a festa já estava ocorrendo e já continha bastante convidados e alguns parentes, acenei para alguns enquanto segurava o braço de Gray sorrindo a procura da aniversariante.- Parabéns querida, desculpe o atraso!! Aqui espero que goste do presente, é meu e de Gray!!- sorri a abraçando enquanto eu meu marido nos afastávamos para que a mesma pudesse cumprimentar os outros convidados, nos aproximamos da mesa de bebidas e gray pegou uns drinks para nós.

Vestindo:
 

Presente da Aine:
 


Where: Festa da Aine ✼ With: Gray ✼ Notes: In LoveThanks, Panda



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aine Brattrewood Odegaard
Ilvermorny - Ravenclaw
Ilvermorny - Ravenclaw
avatar

Mensagens : 85
Localização : Atualmente, algum lugar não-civilizado q

Ficha Bruxa
Casa: Horned Serpent
Ano Escolar: 5º ano
Varinha: Faia, 16 centímetros, Inflexível revestida com um produto branco que aumenta sua dureza, Escama de Sereiano

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 0:01


Debutante...
AINE ODEGAARD

Aine quase engasgou com o doce que ainda mastigada, de tanto rir. Andrew parecia uma criança se deliciando com os doces da mesa e eles riam mesmo como duas crianças. Nem pareciam dois alunos do 5º ano. O mais engraçado era ele, tão alto e todo marrento a maior parte do tempo, afinal, um sonserino, parecendo um menininho fazendo arte na mesa de guloseimas. A aniversariante pegou um suco para tomar, enquanto olhava as pessoas dançando na pista. A música continuava animada graças ao seu primo e a festa estava no ápice da agitação. Isso era bom. O que Aine mais queria naquele dia era que seus convidados se divertissem, afinal, ela estava tendo uma as melhores noites da sua vida e não tinha graça se divertir sozinha. Abriu um sorrisinho ainda com o canudo do suco de abóbora na boca quando sentiu o ombro de Andrew esbarrando de leve no seu. O jeito que ele a estava olhando, o jeito que estava sorrindo, enfim, o jeito dele todo a fazia derreter por dentro. Quando ele propôs de fazerem algo, e mais, quando ele propôs em fazerem o que ela fizesse, Aine sentiu seu rosto enrubecer. Graças a Merlim que ele não era um Legilimente! - Eh... - Ela permaneceu o olhando por um instante, daquele jeito, com as mãos nos bolsos e a atenção somente nela. Aine desviou os olhos, sorvendo rápido o restante do suco. "Calma, Aine, calma!" - Eu já vou ter que dançar com o meu pai e milhares de tios depois, então... Quer dar um passeio pelo jardim? Tem o lounge que a gente ainda não conheceu. - Ela encolheu os ombros um pouco tímida e mordeu o lábio em um sorrisinho, o olhando. Dava para ver o lounge mais a frente com uma área cheia de sofás e poltronas confortáveis e mais afastada da multidão. Tecnicamente, fora projetado para casais terem conversas mais íntimas, mas quem disse que dois amigos não podiam passear por lá? Aine estendeu a mão, imitando o gesto que ele fizera anteriormente na mesa de presentes. Ela gostava de segurar a mão dele, a fazia se sentir protegida, além dos olhos invejosos de algumas meninas ao redor, o que massageava um pouco o ego da garota. Quem nunca se sentiu assim que atire a primeira pedra. - Vamos? - Aine sorriu e segurou a mão dele, fazendo um leve carinho com o polegar.
XXXX words for GD&TOP
XIII


______________________


Aine Marie Brattrewood Odegaard
Horned Serpent -- fifth grade -- And <3 -- Odegaard family
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gray D. S. Odegaard
Ordem de Merlim
Ordem de Merlim
avatar

Mensagens : 12

Ficha Bruxa
Casa:
Ano Escolar:
Varinha:

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 0:12

Festa ao estilo Odegaard
Sinta o poder,
de esclarecer tudo com apenas um olhar.

Estava ficando cada dia pior ser um bruxo da Ordem de Merlim, cada vez mais cansativo, mais trabalhos para serem feitos, não que eu estivesse reclamando, adorava o que eu fazia e como eu fazia muito bem, talvez por isso a ultima missão tenha sido a mais importante dirigida para mim, até aquele momento de minha vida. Fazia dias que eu não via minha esposa, se não dormindo, eu queria poder beija-la e abraça-la e sentir o calor de seu corpo retribuindo os mesmos atos, e talvez por causa disso, eu estaria indo para a festa de minha sobrinha, Aine.

Assim que peguei em casa, vi minha linda esposa terminando de trajar o seu vestido, aproveitei e ajudei-a, fechando o zíper de suas costas e beijando o seu ombro. -Está linda como sempre meu amor, não terá mulher nenhuma mais linda do que você naquela festa, somente nossa sobrinha, e olhe lá.- Sorri para ela que se sentou no sofá para terminar de se vestir, e enquanto isso, eu aproveitei para subir e me banhar, o que não demorou muito.

Passado 15 minutos, eu estava vestindo um terno cinza, com uma camisa branca por baixo e uma gravata azul-marinho, a calça no mesmo tom do terno, passei um perfume e peguei meu óculos escuro feito por encomenda, desci e parei na frente de minha esposa. -Estou arrumado o suficiente para não fazer minha lindíssima esposa passar vergonha?- Sorri para ela e segurei em seu braço, aparatando com a mesma para o Jardim onde estava ocorrendo a festa.

Logo fomos ver Aine, Pandora entregou o presente que ela havia escolhido, já que eu era péssimo para tal coisa, então abracei-a. -Meus parabéns minha querida sobrinha, que você cresça forte e saudável e nada de homem por ai, ou eu irei castrá-los.- Ri e dei um beijo em sua bochecha, saindo de perto da mesma e indo para a mesa mais próxima do bar.

Peguei duas taças de champagne e entreguei uma para Panda, me sentando ao seu lado, passei o braço por detrás dela e a abracei com o mesmo, acariciando seu outro lado. -Um brinde à nossa sobrinha e ao meu amor que eu tenho por você, minha linda.- Brindei com ela e dei um gole no mesmo, beijando Pandora logo em seguida.

______________________

Gray D. S. Odegaard

Erga-se perante o poder dos 7 mares...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Megan Vanderwaal Metzger
Monitora de Hufflepuff
Monitora de Hufflepuff
avatar

Mensagens : 61
Localização : Hogsmade

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 6º ano
Varinha: Amieiro, 23cm, inflexivel, fio de cabelo de Sereiano.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 0:27

Com os cabelos rebeldes à solta, um vestido azul, salto preto e um olhar perdido, Megan procurava seu amigo Pietro por todos os cantos da festa, torcendo para que ele tivesse aceitado seu pedido - que soou mais como um pedido desesperado - para que ele viesse na tal festa junto com ela e o pai. Passava os olhos azuis pela mesa de guloseimas, a pista de dança, mas nada dele. Respirou fundo abaixando a cabeça e batendo os pés no chão, um tanto quanto chateada. - Acho que ele realmente não vem. - Sussurrou mais para si mesma do que para o pai que permanecia ao seu lado com um terno caro e uma feição séria como sempre.

Pietro era seu amigo a tanto tempo, que ela não conseguia acreditar que ele não apareceria no local, ao menos que fosse por 5 minutos. Toda aquela festa a alegrava, porém não ficaria muito animada caso ficasse sozinha, brincando com as cores de seus cabelos enquanto certamente observaria seu pai estender a mão gentilmente a alguma dama, a acompanhando em uma valsa. Mas nada daquilo era importante, ela somente queria esquecer o que havia passado nos últimos meses e rir com o melhor amigo.

Colocou então uma mecha de seus cabelos negros atrás da orelha enquanto encarava o chão sem graça e pensava em uma solução para levantar a cabeça e começar com a distração que ela tanto queria ter por ela mesma.
they were falling in slow motion, and they brought me to my knees
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iron Kielland Metzger
Editor-Chefe do PD
Editor-Chefe do PD
avatar

Mensagens : 39

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Aveleira, 28cm, maleável, pena de Hipogrifo.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 0:43

A Festa


Eu não estava muito animado para ir naquela festa, na verdade nem um pouco, mas eu tinha que ter certeza que Megan ficaria bem, que ela teria companhia e tudo mais, e não conseguia deixa-la assim, tão rápido, ela era minha princesinha que me acompanhava em tudo quanto é lugar, me levava para todos os lugares então não era fácil para mim apenas deixa-la ir sem saber com quem ela vai e com quem ela ficaria.

Chegando na festa eu acompanhei cada passo da menor, dava para ver em seu rosto que não estava muito feliz e estava procurando alguém, quando não encontrou ficou um tanto decepcionada, o que me deixou meio chateado, mas claro que não demonstraria isso para minha filha, pois eu como pai dela deveria tentar anima-la mais que tudo. – O que está acontecendo em? Será que pode falar para o seu pai? – Pergunto sorrindo com um olhar meio de preocupado – Sabe que não gosto de ver você assim, será que posso ajudar para não ficar mais assim? – Suspiro dano uma pequena pausa e olhando-a – Que tal enquanto dançamos e você não encontra quem procura, me conta o que tem de errado? Juro que não farei você passar vergonha e será rápido.

     
avaland ®

______________________

Iron Kielland Metzger
Editor Chefe do Profeta Diário


MONSTRO@MKD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Megan Vanderwaal Metzger
Monitora de Hufflepuff
Monitora de Hufflepuff
avatar

Mensagens : 61
Localização : Hogsmade

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 6º ano
Varinha: Amieiro, 23cm, inflexivel, fio de cabelo de Sereiano.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 1:10

Virou seu olhar perdido para o pai e sorriu como pode. - Um amigo pai, queria que ele viesse também. - Deu de ombros suspirando. - Eu sempre te conto tudo pai. - Riu levemente, já envolvendo seus braços em volta do braço do homem e o guiando até a pista. - Você pode dançar comigo até achar uma mulher solteira para te fazer companhia. - Disse divertida. Não foi uma brincadeira nem nada, ela só o trouxe ali pelo fato de saber que o homem não faria nada em casa sozinho, lendo livros empoeirados. - Pelo menos vai curtir a noite. - Disse já se ajeitando - um pouco sem jeito, já que era bem baixinha - e começando a dançar com o pai. Um passo e mais outro foi sendo seguido pela música e Megan acabou rindo. Não era boa dançarina e acabava se perdendo em alguns passos, porém o pai sempre a guiava de bom grado, sendo ótimo na dança lenta.

A música continuou tocando e ela ainda conseguia “dançar” sem pisar no pé do homem moreno, sorria algumas vezes, feliz por sair de seu quarto naquela noite. Odiava ver o pai tão quieto em sua sala particular, trabalhando e trabalhando por eternas horas, e quando ouviu a notícia que Aine daria uma festa não pensou duas vezes e logo o pediu para que a levasse, mas realmente não sabia se o homem ficaria ali por muito tempo junto a ela, por isso havia imaginado que Pietro não estivesse fazendo nada na comunal da Grifinória - como sempre -, resolvendo assim chamar o amigo para se juntar a eles, e caso o pai se perdesse da vista dela, ela não estaria sozinha. Pietro demoraria para chegar se viesse, Megan o conhecia melhor do que a qualquer pessoa da Grifinória, e sabia que o garoto sempre brincava com a situação, somente a deixando ainda mais tensa.

A valsa foi parando aos poucos e Megan sorria a medida que seu pai falava, cada vez mais feliz por tê-lo tirado um pouco do trabalho, finalmente arrancando um sorriso dele.

they were falling in slow motion, and they brought me to my knees


Última edição por Megan Vanderwaal Metzger em Sab 16 Set 2017 - 16:28, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jack Maslin Odegaard

avatar

Mensagens : 3

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 2:05


Aniversário da Aine

Jack fitava os portas retratos no criado mudo ao lado de uma cama. Um estava a sua mãe biológica que havia perdido aos cinco anos e no outro estava sua mãe adotiva, a qual ele amava mais que tudo. A porta que dava para a varanda de seu quarto estava aberta e isso fazia a música da festa de sua primar adentrar o recinto. Não estava tão atrasado assim, talvez um pouco, mas tinha pensado muito se iria ou não a festa, afinal, não tinha ninguém para acompanhá-lo, porém, era uma pessoa de sua família que estava aniversariando e as regras de etiqueta obrigavam que ele fosse. Ajeitou a gravata ao levantar da cama e pegou o presente, era um saquinho pequeno, não que ele havia sido mão de vaca na hora de comprá-lo, mas porque gostava de coisas delicadas, pois para ele o valor das coisas estavam nos gestos e nas intenções das pessoas e não em bens materiais. Caminhou em passos calmos até a porta e saiu do quarto, era hora de se divertir um pouco.

Realmente a família soube preparar o lugar para a festa de quinze anos de sua prima Aine, estava tudo lindo e o jardim estava lotado de adultos, adolescentes e até mesmo crianças correndo por aí. Por um momento ele se pegou imaginando quando tinha a idade delas, o que o fez negar levemente com a cabeça, não era hora de pensar em coisas que pudessem lhe deixar triste. Procurou a aniversariante com o olhar e ao achá-la, entregou o presente ao mesmo tempo que lhe dava um beijo em sua bochecha. - Feliz aniversário, espero que goste. - Falou soltando o embrulho e deixou que outros convidados parabenizassem sua prima. Caminhou até o balcão e pediu um copo de refrigerante, não estava afim de ficar bêbado, tinha apenas quatorze anos e iria aproveitar a festa de maneira saudável. - Obrigado. - Agradeceu quando o pedido foi entregue e então virou de costas para o balcão. - É está tudo bem movimentado. - Comentou enquanto levava o copo de bebida até os lábios e se dirigia até a pista de dança, afinal, mexer um pouco o corpo iria lhe fazer muito bem. Começou a dançar no ritmo da música e não soube de onde veio o empurrão de princípio, mas ao conseguir se estabilizar, viu uma garota de cabelos claros. - Opa, desculpe. - Falou ao ver que quase havia dado banho na menina, ele não sabia se tinha sido ele o causador do ocorrido ou ela, mas não importava. - Está bem? Se machucou? - A questionou assustados e sorriu de leve. - Pelo que vejo está bem empolgada, gosta dessa música? - deu mais um gole em sua bebida e ficou encarando a menina.

______________________

Jack Maslin Odegaard
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ártemis Lamoreaux Metzger
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 31
Localização : House's Metzger

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Espinheiro-Negro, 25cm, flexível, escama do Dragão-Negro.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 3:57



PARTY

O som da festa era alto o bastante para cobrir as vozes que sussurravam o quanto estava encrencada em sua cabeça, por mais que estivesse bêbada uma pequena parte de seu cérebro lamentava pela situação em que se encontrava. Tinha a impressão de estar sofrendo de uma ressaca antecipada, já que seu estômago estava embrulhado, sua mente martelava e seus pés, à seus pobres pés, porém se recusava a deixar a pista de dança. Se fosse para se arrepender, que fizesse direito então, como dizia o ditado “se você está no inferno, então abrace o capeta”. E era exatamente o que estava planejando, abraçaria todo o alcóol possível e quando achasse que estivesse louca o suficiente procuraria pelos irmãos e iria xingá-los até eles cansarem de ouvir sua voz.


Sorriu de orelha a orelha quando escutou as primeiras batidas da sua música favorita, jogou os braços para cima e se entregou ao ritmo da canção, aquele momento era seu. Era sua música. Sua dança. Se não fosse para ser o centro das atenções ali, nem tinha saído de casa. Respeitava o dia da aniversariante e teve que fazer uma nota mental de parabenizá-la não só pela festa incrível, como também pelo aniversário, mas deixaria para fazer aquilo quando estivesse em condições melhores. Rolou os olhos pelo salão e quase murmurou alguns palavrões quando não conseguiu enxergar Apollo e Hunter, onde eles haviam se metido? Principalmente Hunter, iria enganá-lo com as próprias mãos e só de imaginar a marca de seus dedinhos no pescoço do outro já se sentia feliz. Oras, estava naquele estado por causa dele, ele que havia a arrastado para a pista e prometido não abandoná-la, mas era só o primeiro rabo de saia aparecer que o irmão sumia. Sabia que Hunter estava em algum lugar com a menina de mais cedo e não havia decidido se tinha mais pena dela ou dele.


Resolveu esquecê-los e concentrar-se ali, na sua música. Mexia o corpo conforme cada batida que saia da mesa do DJ, enquanto dançava percebia vários olhares voltados para si e sorriu ainda mais, gostava daquilo, de toda a atenção. Sentiu algo duro bater em suas costas e arrependeu-se de virar para o entender o que estava acontecendo. Em questões de segundos a parte inferior da saia preta de seu vestido estava molhada, abriu a boca em um perfeito O e encarou o dono dos sapatos lustrosos que estava sua frente.


Não tinha muita certeza do que ele estava falando, estava ocupada demais admirando o rosto perfeitamente esculpido, desde os olhos até o queixo. Talvez fosse a bebida, não tinha certeza, mas aquele homem parecia realmente bonito. — Não foi nada. - Disse, quase em um sussurro. Suspirou aliviada, por pouco não tinha o xingado. Tentou focar toda sua atenção nas palavras que o outro dizia, esforçou-se mais do que pensava para não ficar encarando os lábios alheios. — Eu estou sim, acho que meu vestido que não deu muita sorte. - Sorriu. Talvez “bem” fosse uma palavra forte demais para descrever seu atual estado, por via das dúvidas quaisquer besteiras que fizesse colocaria a culpa no álcool e principalmente em Hunter. Passou mão de leve sobre o tecido e o chacoalhou para tentar secá-lo. — Gosto, é a minha favorita para falar a verdade. - Levantou a cabeça para fitar as orbes claras do mais alto e sentiu o corpo oscilar, com medo de desabar no chão prendeu firme os dedos nos braços do menino e ficou parada alguns segundos, olhou do chão para o copo semi cheio que estava na mão do outro e não pensou duas vezes em pega-lo e tomar o que tinha sobrado. — Desculpa! - Se arrependeu no mesmo momento. “A culpa é da bebida, toda da bebida”, pensou. Mas é claro que era, não era de seu costume ser mal educada daquele jeito e muito menos beber no copo de alguém, não fazia aquilo nem com os próprios irmãos quem dirá um desconhecido. — É que eu estou um pouco tonta, acho que exagerei um pouco na bebida. - Fitou os próprios pés e manteve os olhos ali, sabia que as bochechas estavam coradas e amaldiçoou todas as gerações que lhe deram aquele maldito genes.



______________________


ártemis mary lamoreaux metzger
"J'SUIS L'PRÉFÉRÉ MES BELLES VICTIMES VOUDRAIENT SE PENDRE À MES LACETS."
Élève . Famille Metzger . 14 ans. Hogwarts. Slytherin . Maman est Valentin <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gary Odegaard Cavendish
Ordem de Merlim
Ordem de Merlim
avatar

Mensagens : 29
Localização : Hogwarts

Ficha Bruxa
Casa: Grifinória
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Figueira, 25 cm, maleável, pena de Grifo

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 9:47



15 anos







A medida que conversávamos Ryan lançava pequena indiretas sobre a minha ausência, sabia como ele podia ser "familiar" ele gostava de manter todos por perto - Eu precisava desse tempo Ryan, você sabe o quanto eu perdi naquele período: meu pai, meu tio, minha prima, minha casa. - aquele fora uma época traumática ainda lembrava de ver o tio descer as escadas com um sorriso no rosto e sua prima hipnotizada indo ao seu encontro e depois com um abraço que deveria ser inocente explodiu tudo. Depois só havia fogo, cinzas e escombros.

Saindo do meu devaneio disse - Sinto muito ter ido embora daquela forma e de principalmente de não ter mantido contato vocês - um elfo pequeno passava entre os convidados com bebidas pequei o que pareceu ser um copo de Uísque um pouco quente devo dizer, fiz com que a superfície do copo se esfriasse progressivamente, o vidro não era um dos melhores condutores, mas logo ele transmitira a baixa temperatura ao liquido cirroso - Bom estava na hora de voltar afinal aqui nunca deixou de ser meu lar não é? - Dei uma piscadinha havia concluído o processo de esfriamento do copo dei uma bebericada na bebida - E você primo vejo que cresceu bastante, ministro da magia e papai do ano? - ele abriu um sorriso contou-me alguns fatos de seu trabalho e um resumo dos últimos anos dos Odegaard -... Lydia ofereceu-me o emprego de professor em Hogwarts -olhei em volta e disse em tom de brincadeira - Vejamos se consigo colocar algum juízo na cabeça dessas crianças - ele riu e me desejou boa sorte.

Não demorou muito para que Ryan tivesse que se ausentar para dá atenção aos outros convidados como o bom anfitrião que sempre gabava-se de ser, beberiquei mais um gole da minha bebida que descia queimado pela minha faringe. Olhei em volta a procura da aniversariante, talvez já fosse o momento oportuno para dá seu presente.





______________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Iron Kielland Metzger
Editor-Chefe do PD
Editor-Chefe do PD
avatar

Mensagens : 39

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Aveleira, 28cm, maleável, pena de Hipogrifo.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 14:22

A Festa


- Eu não vim aqui atrás de nenhuma mulher solteira, filha.. Se bem que não seria nada mal - Rio. Ela sempre tinha aquela mania de me tirar de casa, para me divertir e tentar conhecer alguém, não ficar só enfurnado em livros e matérias, a maioria das vezes eu sempre dizia não e ela conseguia me convencer, nunca conseguia dizer não quando ela ficava me olhando com aqueles olhos brilhando, mexia comigo - Daqui a pouco quem encontra alguma companhia é você, não eu.. Não conheço ninguém aqui, não aparentemente - Eu realmente estava meio perdido ali, acho que falei raras vezes com algumas pessoas do local, mas nada muito amigão. E teria vindo a festa por Megan, não que se ela achasse alguém conhecido eu ficaria ali do lado, mas o meu maior propósito era acompanha-lá enquanto algum amigo não a puxa pela festa inteira.

- E que amigo você queria encontrar por aqui em? - Sorrio olhando-a nos olhos, eu sabia que era apenas amigo, pois se fosse algo a mais ela contaria, mas mesmo assim eu sempre quero saber quem é, as vezes até com as amigas dela eu faço isso. Depois de muita dança a música para e começa algo mais animado - Quer que eu pegue algo para você beber Vandewaal? - Brinco enquanto caminhamos mais para fora da pista.
     
avaland ®

______________________

Iron Kielland Metzger
Editor Chefe do Profeta Diário


MONSTRO@MKD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Andrew Hoyer Nikolaevich
Durmstrang - Slytherin
Durmstrang - Slytherin
avatar

Mensagens : 31

Ficha Bruxa
Casa: Haus Land
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Azevinho, 23 centímetros, flexível, Fio De Cabelo De Centauro

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 16:18

O príncipe da Debutante
Deixou uma sorriso divertido surgir em seus lábios e ergueu uma de suas sobrancelhas quando ela ficou tímida e vermelha, riu um pouco e assentiu conforme ela voltava a falar ainda meio sem jeito com a proximidade que Andrew de certa forma a deixava ter naquela noite. Ainda com as mãos no bolso observou enquanto a observava, respondendo a pergunta dela na mesma hora. - Claro, vamos. - Disse com a voz um tanto quanto rouca. - Vai ter uma noite agitada, mas por agora podemos andar pelo jardim, mas não se esqueça da minha valsa com você no final da festa. - Comentou ele abrindo um pequena sorriso.

Sentiu algo estranho ao sentir o toque quente da mão de Aine na dele e jurou que seu corpo inteiro tremeu em meio ao sentimento de felicidade e medo de ser tocado assim, mas, apesar de tudo, ele queria mudar um pouco aquilo. Talvez deixando as coisas fluindo sem que ele interrompa fosse melhor, não deixando sua ansiedade e medo domá-lo de forma que incomodasse sua melhor amiga corvina. Não queria soltar a mão da garota, mas sentia-se como um mutante dos quadrinhos trouxas que são chamados de X-men, como se ele não tivesse controle de seus poderes assim como a garota “Vampira” que usava luvas para evitar que ao ser tocada, acabasse roubando a habilidade de outros sem desejar. Ela era como ele, séria e um tanto quanto estranha a maioria das horas, o que o fazia gostar da personagem ilustrativa que os trouxas inventaram. Mas espera! Luvas? Interessante, talvez ele pudesse adotar essa ideia para si mesmo, assim tudo seria mais fácil e ele não precisaria se preocupar tanto com as lembranças das pessoas ao seu redor, dadas a ele por um toque qualquer. Que “Vampira” jamais existisse para vir acusá-lo de ter roubado sua tão incrível ideia.

- Vamos. - Respondeu e a seguiu sorridente, nunca imaginando que segurar a mão dela pareceria uma coisa “normal”.

Eles então começaram a andar lentamente em volta do lugar observando o lugar sem falar muito, afinal eles não costumavam fazer esse tipo de coisa. Eram raras as vezes em que eles ficavam perto um do outro, trocavam sorrisos e a garota não permanecesse de olhos baixos e timidez no rosto. - Eu não deveria. - Disse soltando a mão de Aine lentamente, a colocando no bolso como fazia com a outra mão desocupada. Respirou fundo e observou o jardim, muito lindo por sinal. - É uma casa e tanto, sua família deve ter muito orgulho do que tem. - Disse de uma hora para outra já que tudo estava silencioso.  


______________________

Andrew Hoyer Nikolaevich
Nós dois somos livros de uma mesma obra?
❄️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Freya Blanc Cavendish
Redatores do Profeta Diário
Redatores do Profeta Diário
avatar

Mensagens : 7
Localização : Por aí

Ficha Bruxa
Casa: Haus Land
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Abrunheiro, 28cm, farfalhante, pena de Fênix

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 18:17




Freya subiu o zíper do vestido vermelho e passou a mão pelos cachos recém feitos, o colar já estava em volta do pescoço  e os brincos firmes em sua orelha. Deu uma última olhada na frente do espelho e não evitou sorrir para a imagem que via, sabia que estava deslumbrante e qualquer pessoa que a visse perderia o fôlego. Era uma mulher vaidosa, gostava de estar sempre arrumada e gostava de receber olhares, tinha plena noção que por onde passava atraia olhares e isso inflava seu ego. Mas acima de tudo, gostava de se sentir desejada.


Pegou a embalagem escolhida a dedo e ajeitou o laço do presente, sabia que a aniversariante iria gostar dele, afinal qualquer adolescente que se preze gosta de um bom perfume e aquele tinha comprado em sua última visita a França. Por mais que gostasse do mundo bruxo, tinha que admitir que o mundo trouxa era excepcional em alguns aspectos. Desceu os degraus sem pressa, estava atrasada sim, mas o vestido e o sapato de salto alto que usava eram caros demais para arriscar rasgar-lo e não queria acabar quebrando o pé. Já na sala de sua casa pegou a bolsa de mão e borrifou pela última vez seu perfume favorito sobre a pele levemente bronzeada, apagou as luzes e depois de se certificar que tudo estava bem trancando aparatou para Mansão Odegaard.


Quando sentiu os pés tocarem o chão se viu perto de um jardim muito bem decorado, pelos menos eles tinham bom gosto, ainda sim sabia que aquilo estaria muito mais bonito se tivesse organizado. Deixou o presente com um elfo qualquer e o instruiu a colocar-lo com os demais, novamente desceu degrau por degrau com toda calma do mundo, andou até a metade do jardim e pegou uma taça de champanhe levando-a até a boca no mesmo instante. Freya apenas ficou observando todos as pessoas que não conhecia interagirem, cumprimentou uma ou duas pessoas e se manteve fiel a sua taça, sua atenção se prendeu em um casal que dançava, a menina era um pouco mais baixa que o homem e supôs que ela deveria ser filha do outro. Analisou com cuidado o homem e sorriu, ele era bonito, provavelmente o homem mais bonito da festa em sua opinião, fitou os dois até que parassem de dançar e rumou para o bar, no caminho passou atrás da menina mais baixa de propósito, afim de ser notada. — Um copo de Whisky, por favor. - Sorriu para  o moço atrás do balcão e deixou a taça ali. Era muito fã de bebidas alcoólicas e agradeceu por tudo ser de graça ali, iria aproveitar bastante. Apoiou os dois braços na bancada e em meio a goles brincava com o copo em mãos.

______________________

—Freya Blanc Cavendish


i instantly feel pain across my heart, the perfect dream turned into a nightmare, the beginning of a moment caused you too mature. will you become different? it's fate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Megan Vanderwaal Metzger
Monitora de Hufflepuff
Monitora de Hufflepuff
avatar

Mensagens : 61
Localização : Hogsmade

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 6º ano
Varinha: Amieiro, 23cm, inflexivel, fio de cabelo de Sereiano.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 19:14

Riu com o pai e, continuando a dançar lentamente de um lado a outro, voltou a falar. - Vai encontrar alguém para jogar conversa a fora, pai, você vai ver. - Sorriu brincalhona e foi girada pelo pai, se divertindo em meio a dança. - Espero que o Pietro apareça mesmo, mas eu gosto de passar um tempo com o senhor. - Megan comentou enquanto voltava a observar o lugar novamente, dessa vez soltando o ombro e a mão direita do pai, já que ninguém permanecia dançando daquela forma quando a música passou a ficar mais agitada - como uma boa festa -, e assim a garota acabou percebendo uma mulher passar de seu lado rapidamente, quase esbarrando nela. Como a noite, a mulher tinha longos cabelos negros e uma postura séria. Talvez ela tivesse feito aquilo de propósito, mas que fosse. - Pai…- Sussurrou para o homem à sua frente, com os olhos azuis vidrados na mulher que realmente parecia uma Ninfa de tão bela. - Lembra quando eu disse que você encontraria alguém para te fazer companhia essa noite? - Perguntou a morena sem esperar uma resposta do homem, fazendo sinal com a cabeça para a mulher que agora de direcionava ao Barman e pedia algo. Seus olhos mudaram de cor sem que ela percebesse, voltando seu olhar ao pai.- O que está esperando para ir até ela, pai ?!- Perguntou franzindo a testa e o observando. Revisou os olhos quando o pai pareceu não gostar de seu comentario. - Eu vou procurar o Pietro e acho que deveria se divertir hoje, pelo menos essa noite. São poucas as vezes que te vejo sorrindo e acho que talvez uma nova mulher em sua vida poderia o alegrar, me entende ? - Sorriu. - Eu vou dar uma volta. Pensa nisso. - Disse dando um abraço rápido no pai antes de olhar novamente para a mulher e depois sorrir em resposta ao pai, sussurrando algo do tipo “ Não precisará nem mesmo de sorte “ erguendo suas sobrancelhas divertida, logo em seguida começando a andar em meio a multidão procurando o amigo grifino que tanto esperava.

Seguindo seu caminho, a menina se espremia em meio aos milhares de convidados, olhando o rosto de todos procurando ver o rosto conhecido de Pietro, mas não encontrava. Bufou quando alguém mais alto que ela a empurrou para conseguir passar pela mesma, e ergueu os olhos olhando para todos os cantos. Se Pietro realmente não viesse, então pelo menos seu pai se divertiria - a menos que o homem recusasse falar com uma mulher tão bonita -. Teria que procurar o garoto em outro lugar, e se não encontrasse então certamente teria que presentar a aniversariante e conversar com a primeira pessoa que visse.
they were falling in slow motion, and they brought me to my knees

______________________

Megan Lufana Metamorfomaga

the eyes never lie
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iron Kielland Metzger
Editor-Chefe do PD
Editor-Chefe do PD
avatar

Mensagens : 39

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Aveleira, 28cm, maleável, pena de Hipogrifo.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 19:53

A Festa

- Tá, eu deixo você passar o tempo comigo por enquanto – Brinco. Dei uma leve olhada quando passa a mulher de cabelos escuros e vestido vermelho por mim, a cor caia muito bem na morena e me chamou um pouco de atenção – Ham? – Fingi estar olhando ao redor, pois mesmo que ela fosse maravilhosa, eu tinha que me comportar - Megan! – Ela sabia que eu não gostava quando me empurrava para cima de alguém, mas mesmo assim fazia – Você vai procurar o Pietro? Certo vá.. E isso vai ter volta – Suspiro observando ao redor.

Vejo o um elfo passeando com uma bandeja cheia de taças por mim e então pego uma – Da pro gasto – Me aproximo com um belo sorriso no rosto do balcão e deixo a taça vazia sobre ele – Um Whisky, por favor -  Dei uma leve olhada para a morena que brincava com o copo em mãos - O que está achando da festa? – Sorrio pegando meu copo e levando até a boca – Veja mais um whisky para a moça. Por favor! – Não iria chegar no oi tudo bem e aquelas baboseiras, estava determinado a sair dali pelo menos com um encontro marcado. Sorrio olhando-a nos fundos dos olhos – Pelo o que vi não está acompanhada, estou certo? – Puxo o guardanapo com o copo em cima e coloco-o na frente dela – Me acompanharia? – Coloco um sorriso travesso no rosto e levo meu copo novamente até a boca.

     
avaland ®

______________________

Iron Kielland Metzger
Editor Chefe do Profeta Diário


MONSTRO@MKD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pietro L. Romanov
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 15

Ficha Bruxa
Casa: Grifinória
Ano Escolar: 4º ano
Varinha: Cornus, 23cm, flexível, núcleo de lasca do casco de Centauro

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 20:24


Lightbringer

smite and ignite
Em um piscar de olhos ele se encontrava na sala de estar da mansão dos Odegaard, franziu a testa e limpou seu terno com calma, tossindo um pouco. — Era melhor eu ter pegado uma vassoura... — Reclamava consigo mesmo enquanto terminava de ficar pronto, balançou seu rosto um pouco e logo um largo sorriso era aberto de um canto do rosto ao outro, ficou admirado com a decoração do local e surpreso com a quantidade de gente e aperitivos que tinha naquele lugar. — Depois dessa rede de flú qualquer coisa fica boa, mas tenho que admitir que tá incrível. Agora... — Colocava a mão em seu queixo e olhava brevemente pra cima, pensando no que faria em seguida. Assim que um garçom esbarrava sem querer no garoto e ele logo via que o rapaz carregava uma bandeja com salgados sabia que era isso que ele procurava no momento. Seguiu o homem até dar de cara com a pista de dança, via que ao lado havia mesas repletas de guloseimas e tudo que ele pudesse imaginar.— Quem pode, pode. Né? — Arqueava a sobrancelha, sorrindo um pouco, ainda espantado com a quantidade e qualidade de tudo no local. Aproximou-se da mesa das bebidas e agarrou um copo de cerveja amanteigada, deu um gole e virou seu olhar para a pista de dança novamente. Não muitos minutos depois conseguiu achar Megan ali no meio, ela estava dançando com um rapaz bem mais velho que ela ali, pensou que poderia ser seu irmão ou pai, de fato nunca havia conhecido a familia da menina. Ficou curioso, talvez fosse alguém mais velho dando em cima dela e que a garota não havia contado. Perdeu-se em seus pensamentos enquanto saboreava a bebida em suas mãos mas foi acordado logo quando a viu deixa a pista devagar, Pietro agarrou outra cerveja amanteigada e correu para seguir a garota. Via que ela estava com a cara emburrada, certamente alguma coisa estava a entristecendo, logo o Grifino teria que entrar em ação, já que era sempre sua função. — Oi, camaleãozinho — Disse baixo no ouvido da garota, assim que se aproximava por trás dela, e depositava um beijo estalado em sua bochecha. A abraçou forte assim que viu, feliz por encontrar ela ali já que haviam combinado isso. — Por que a cara de tristeza? Vamos animar essa festa! Vem cá, agora que cheguei quero ver um sorriso nesse rostinho. Toma, bebe comigo. — Entregava o outro copo da bebida para Megan e piscava pra garota.


▬ Traje igual ao PP

______________________



Pietro Romanov
"I was told when i get older all my fears would shrink. But now i'm insecure and care what people think"

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Freya Blanc Cavendish
Redatores do Profeta Diário
Redatores do Profeta Diário
avatar

Mensagens : 7
Localização : Por aí

Ficha Bruxa
Casa: Haus Land
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Abrunheiro, 28cm, farfalhante, pena de Fênix

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 20:52




Virou alguns goles do líquido que descia rasgando pela sua garganta, sacudiu a cabeça e encarou a pista de dança que estava a poucos metros do bar, a música animada fazia com que Freya tivesse vontade de levantar e ir dançar até os pés doerem. Olhou para o vestido que descia colando em seu próprio corpo e quase se arrependeu por ter escolhido ele, quase. Era uma peça fina, valorizava suas curvas e sentia-se bem nele, apenas por aquele motivo não estava arrependida.


Não sabia ao certo o que estava fazendo ali, quando recebeu o convite ponderou muito se deveria ou não comparecer a festa, mas enquanto estava em casa, sozinha, pensou que talvez fosse uma boa ideia sair para curtir a noite. Só teve certeza de sua decisão quando o homem que estava olhando a poucos minutos parou bem do seu lado, sentiu vontade de rir. Ninguém resistia ao seu charme mesmo. — Estou achando mais interessante do que eu pensei que seria. - Deu um pequeno sorriso de lado e usou a voz mais sedutora que conseguia fazer. Arqueou uma sobrancelha ao ouvir o outro pedir mais um copo de whisky e assim que o barman o colocou no balcão, segurou firme o objeto de vidro. — Está querendo me embebedar? - Continuou sustentando o sorriso. Freya passou o dedo pela borda do copo e fixou os olhos nos do mais alto, quando o ouviu negar sorriu ainda mais. — É uma pena. - Voltou a atenção para o líquido e o bebeu todo de uma vez só. — Estou completamente sozinha, é um pouco triste, não? Mas se você tiver um bom coração poderia ficar e me fazer companhia. - Jogou todo o cabelo para um lado do pescoço, deixando a extensão da pele amostra. — Claro que acompanho. Te acompanho em qualquer coisa. - Sorriu e virou totalmente o corpo para o homem. Poderia até ser chamada de atirada, mas não o tipo de mulher que gostava de enrolar. Apesar de gostar de joguinhos, preferia ir direto ao ponto, então sempre que estava interessada em alguém deixava bem claro. — Me fale mais sobre você, afinal você parece ser alguém interessante.

______________________

—Freya Blanc Cavendish


i instantly feel pain across my heart, the perfect dream turned into a nightmare, the beginning of a moment caused you too mature. will you become different? it's fate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Megan Vanderwaal Metzger
Monitora de Hufflepuff
Monitora de Hufflepuff
avatar

Mensagens : 61
Localização : Hogsmade

Ficha Bruxa
Casa: Lufa-Lufa
Ano Escolar: 6º ano
Varinha: Amieiro, 23cm, inflexivel, fio de cabelo de Sereiano.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 23:23

Os cabelos da garota se moviam conforme ela balançava sua cabeça, procurando o amigo que parecia não aparecer de forma alguma. E, com seus olhos azuis cristalinos passando por cada rosto que passava em sua frente, Megan acabou se distraindo o suficiente para não ver que alguém se aproximava atrás de si rapidamente. Pietro. O garoto a assustou quando chegou perto dela e sussurrou a palavra que ele costumava dizer desde o dia em que eles se conheceram, “Camaleãozinho”. A morena sorriu com o beijo estalado em sua bochecha depois do leve susto e se virou para o garoto. - Oi, lobo - Respondeu a troca de apelidos e deu um soco no ombro do mesmo. - Você demorou muito, sabia ? Já estava achando que me abandonaria aqui sozinha. - Disse séria, mas logo sorriu. O abraçou quando o mesmo a envolveu em seus braços, a apertando levemente.

Era realmente era uma camaleãozinho, com milhares de cores em seus cabelos rebeldes e olhos que nunca paravam com uma cor só, chegando a ser extremamente engraçado, o que era bom e ao mesmo tempo distrativo. Quem se cansaria dela? Nunca parava da mesma forma, sempre mudava sua aparência, mas, apesar de tudo, Pietro sempre dizia preferi-la da forma normal, com aqueles cabelos negros e os olhos claros inconfundíveis,

Muito amigos, aqueles dois não se separavam - nem mesmo se ficassem meses sem se falar -, sendo o braço direito um do outro a muito anos desde quando se conheceram em Hogwarts, quando Megan - com seus treze anos - correu para a biblioteca e se escondeu em meio a duas prateleiras velhas com livros que ninguém lia a muitos anos, chorando por conta de sofrer bullying de seus colegas de classe sonserinos que diziam que sua aparência era horrível e que ela nunca melhoraria nem que tentasse, principalmente a acusando de ser estranha por mudar seu cabelo de cor. Sentada no chão frio entre as prateleiras, Pietro a viu - e mesmo sendo muito jovem na época -, mostrou ser gentil. Então, se sentando ao lado da garota de cabelos coloridos, pegou um livro qualquer em cima da madeira, logo começando a ler a primeira página do mesmo para a distrair. E assim, os dois nunca pararam de se falar, ela precisava dele e ele dela, nada mais importava.

A garota deu de ombros com a pergunta dele.  - Muitas coisas aconteceram, mas não sei se é uma boa hora para falar sobre isso, Pietro. - Suspirou abaixando o olhar e colocando suas mãos atrás de si, as juntando dessa forma. - Além de tudo eu fiquei triste achando que não viria me encontrar hoje…- Acabou por dizer sem olhá-lo. Somente levantou o olhar quando o garota estendeu um copo a ela, pegando o mesmo, rindo com a piscadela brincalhona que havia recebido do melhor amigo. - Obrigado, você tem toda razão. - Disse, passando a virar o copo na boca logo depois. - Mas então, o que vamos fazer nessa festa? Eu não costumo ir em muitas e estou completamente perdida.- Admitiu rindo.

they were falling in slow motion, and they brought me to my knees

______________________

Megan Lufana Metamorfomaga

the eyes never lie


Última edição por Megan Vanderwaal Metzger em Dom 17 Set 2017 - 0:06, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iron Kielland Metzger
Editor-Chefe do PD
Editor-Chefe do PD
avatar

Mensagens : 39

Ficha Bruxa
Casa: Sonserina
Ano Escolar: Concluído
Varinha: Aveleira, 28cm, maleável, pena de Hipogrifo.

MensagemAssunto: Re: Jardins   Sab 16 Set 2017 - 23:50

A Festa

Acho que ela era uma dar poucas mulheres que gostei na hora, uma personalidade forte e totalmente dela – Eu te embebedar? Capaz, Prefiro totalmente sóbria – Continuo com um sorriso travesso no rosto. Eu realmente achava que ela estava querendo me matar, era previsível – Que triste mesmo, mas como tenho um ótimo coração, pode deixar que lhe faço companhia, e por quanto tempo precisar ainda – Olhei para o barman virando todo o whisky de uma vez só, provavelmente ele teria notado que eu queria outro e então foi preparar – Qualquer coisa? Tipo, qualquer coisa mesmo? – Sorrio maliciosamente voltando a atenção para a mesma – Não tenho muito sobre o que falar de mim.. Sou solteiro, trabalho no profeta e quero muito dançar com você nesse momento – Rio pegando o whisky, bebendo um pouco e puxando ela para a pista.

- Espero que goste de dançar – Paramos quando entramos na pista de dança, eu ainda segurava sua mão. Por mais que não parecesse eu estava um pouco tímido, e eu estava com certo desejo de puxá-la pela cintura fazendo com que nossos corpos ficassem bem próximos, por mais que eu achasse que podia ser algo um pouco arriscado eu fiz mesmo assim. – Mas agora me fale sobre você, me parece bem mais interessante que eu – Sussurro em seu ouvido e em seguida a olho olhos nos olhos, deixando meu rosto bem perto do dela.

     
avaland ®

______________________

Iron Kielland Metzger
Editor Chefe do Profeta Diário


MONSTRO@MKD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Jardins   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jardins
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Jardins da Meditação
» Jardins de Hogwarts
» Jardim da Mansão
» Jardins de Durmstrang

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Potter Go :: Mundo Trouxa :: Europa :: Noruega :: Mansão Odegaard :: Área Externa-
Ir para: